Tardes II

Da janela,

quando a neblina, em torno da pedra, torna mais visível o contorno das árvores

a bruma branca, fria e úmida, cria um contraste no verde, que, em dias quentes, iguala a paisagem

e as múltiplas árvores parecem um contínuo tecido verde

Quando a neblina esfuma-se entre as árvores, esconde algumas

e expõe, com nitidez e perfeição, o contorno de outras,

na dança, enlace envolvente das cores e das formas

O detalhe oculto se revela nos dias frios e úmidos de introspecção

o que parecia uno é héteros,

por isso, seu poder, espírito, floresta, comunidade das árvores,

caso amoroso da terra e do cosmos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s